21 de dezembro de 2012

Os 10 incidentes mais bizarros do hóquei no gelo.

10) 21 de Janeiro de 1945 - Harold March ganhou o apelido de "Mush" (algo que pode ser traduzido por "língua afiada") quando, após passar sua carreira inteira patinando com a língua para fora, colidiu com outro jogador e cortou um pedaço dela. Depois dessa ficou difícil para Mush discutir com os adversários.

9) Novembro de 1949 - Joe Klukay, então atacante do Toronto, estava no banco se recuperando de uma lesão que tivera durante a partida, quando um taco de um adversário o atingiu acidentalmente na cabeça. Klukay desmaiou e teve que ser levado ao hospital.

8) Fevereiro de 2008 - Olli Jokinen, jogando pelo Florida Panthers, caiu por cima de um adversário e seu patim cortou a garganta de seu colega de equipe, Richar Zednik. Zednik deixou o gelo na hora com sangramento intenso (o jogador perdeu cerca de 5 bolsas de sangue) e o zamboni levou quase 20 minutos para limpar tudo. Zednik passou por cirurgia bem sucedida logo depois.

7) 22 de Março de 1989 - Um acidente parecido levou o goleiro Clint Malarchuk ao hospital com a veia jugular bastante comprometida. Dessa vez, foi causada por um patim adversário e o forte sangramento fez com que vários espectadores passassem mal e desmaiassem; o curativo de Malarchuk teve 30 pontos.

6) 31 de Março de 1964 - Eddie Shack, dos Leafs, disparou um slapshot muito forte, fazendo com que seu taco de madeira se despedaçasse. Os pedaços voaram na direção de Gilles Marotte, então jogador do Boston, e uma das farpas perfurou sua garganta. Marotte foi levado imediatamente para o hospital.

5) Ano de 1997 - Durante uma partida dos Playoffs, em Dallas, Bryan Marchment tropeçou e caiu, batendo a cabeça na porta da penalty box. O impacto foi tão forte que ele teve uma concussão no gelo e chegou a convulsionar por uns instantes.

4) 25 de Outubro de 2008 - A então candidata a vice-presidência dos Estados Unidos, Sarah Palin, estava num jogo do St. Louis Blues para soltar o puck na abertura da partida. Por causa da cerimônia, um tapete vermelho foi estendido no gelo. O goleiro Manny Legace não percebeu o tapete e patinou por cima, imediatamente ele parou e caiu, lesionando seu quadril e ficando fora de quatro partidas.

3) Joe Kocur, um dos "bruise brothers" (algo como "irmãos contusões"), é mais conhecido por seus incríveis socos de mão direita do que por qualquer outra coisa que fez na liga. Ele é o jogador com mais penalidades na história da liga. Mas ele não saiu ileso: quando teve Larry Playfair como adversário numa briga, sua mão acertou os dentes de Playfair e abriu um corte que infeccionou posteriormente. A infecção foi tão grave que Kocur chegou a correr o risco de ter que amputar a mão, mas se recuperou e manteve sua famosa direita intacta.

2) 22 de Dezembro de 1990 - Paul Cavallini, defendendo o St. Louis, perdeu 13 partidas por uma contusão no dedo indicador, na qual perdeu a ponta do dedo após bloquear um slapshot de Doug Wilson durante uma partida contra o Chicago. A ponta do dedo de Cavallini foi encontrada em sua luva, mas não foi possível juntá-la ao resto do dedo.

1) Ano de 1930 - No campo dos acidentes bizarros dentro do gelo, nenhum se equiparará ao que envolveu um jogador chamado Abie Goldberry, que jogou como júnior em Quebec, em 1930. Ele estava com uma caixa de palitos de fósforo no bolso durante uma partida (quem nunca?). Quando acertado por um puck, os palitos queimaram, pondo fogo em seu uniforme. Seus colegas conseguiram acabar com o fogo, mas, mesmo assim, ele ficou com algumas queimaduras.

Fonte (em inglês): Eletro-Mech.

18 de dezembro de 2012

Camisetas em homenagem aos goleiros.

Desnecessário dizer que eu aceito qualquer uma dessas como presente, né?

"Garotas amam goleiros"

"Goleiros têm tacos melhores"

"Eu ♥ goleiros"

"Jesus salva"

Via Zazzle.

16 de dezembro de 2012

Nem os sábios sabem.

O locaute é burrice demais. Mesmo para os muito sábios.


"Muito interessante. Mas, em momento algum, eu vi em sua retórica alguma dica sobre o retorno da NHL!"

15 de dezembro de 2012

O berço mais estiloso dos últimos tempos.

Desde cedo já habituando a criança com o hóquei.


Parabéns aos envolvidos.

Do incrível Hockey inline Brasil.

14 de dezembro de 2012

Ilya Bryzgalov vira cosmonauta por um dia.

O goleiro Ilya Bryzgalov, atualmente defendendo o CSKA Moscow, é conhecido por sua fascinação pelo espaço e por querer ser astronauta caso não fosse jogador de hóquei. Sabendo disso, o programa televisivo russo "Хоккей 24" (Hóquei 24) decidiu realizar esse sonho de infância de Bryzgalov: o goleiro conheceu o Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin, vestiu um traje espacial e conversou com o cosmonauta Valeri Tokarev - que viajou ao espaço duas vezes.

Embora o áudio do vídeo esteja todo em russo e não haja legendas, vale a pena ver dos 5:00 aos 7:30, que é quando Bryzgalov se diverte com a roupa espacial, faz uma simulação numa cápsula e, por fim, passa um perrengue para sair do traje.


Só dois comentários: 1) o Bryzgalov é muito estaile; 2) que inveja.

13 de dezembro de 2012

[Cagada] Justin Pogge em seu dia de fúria.

O goleiro Justin Pogge, atuando pelo Charlotte Checkers, ficou emputecido durante uma partida e saiu ligeiramente alterado do gelo.


Eu diria que ele ficou nervoso e, quiçá, desgraçado da cabeça.

Patrick Kane manja dos xavecos.

Ele está provando que tem que ser ligeiro para jogar hóquei.


" - O que você procura em uma garota?
 - Loira, olhos azuis eu gosto quando ela usa um vestido preto. Um pouco mais velha que eu, sabe..."


"Eu acho que você se encaixa perfeitamente na descrição."

Eu acho que ele ganhou a loira depois dessa.

12 de dezembro de 2012

[Notícia] Papai Noel é demitido por falar para criança que o Toronto Maple Leafs é uma droga.

Sim, senhoras e senhores, chegamos a este ponto: a ausência de jogos está fazendo as notícias sobre o hóquei beirarem a bizarrice.

Segue trecho da matéria traduzida do Montreal Gazette (para conferir o texto [em inglês] na íntegra, é só clicar aqui):

"Papai Noel malvado não é o único que acha o Toronto Maple Leafs uma droga

Não é fácil ser um torcedor do Toronto Maple Leafs em qualquer idade - considerando que a equipe não vence a Copa Stanley desde 1967 e não joga uma partida de playoffs há sete anos consecutivos - mas é muito ruim quando até o Papai Noel afirma que os Leafs são uma droga.

É pior ainda ainda quando o bom velhinho diz isso para um garotinho de 3 anos.

Mary Trent contou ao Toronto Sun que ela ficou chocada com o comportamento do Papai Noel do Lowe's Toronto Christmas Market quando o filho dela se aproximou dele no dia 5 de dezembro.

"A primeira coisa que ele falou para meu filho foi 'Oh, você parece o Paul Bunyan [lenhador gigante, figura do folclore da América do Norte]'", ela disse ao Sun. "Sério?  Isso é algo que se diga?"

"Depois ele disse 'Oh, você está usando uma touca do Toronto Maple Leafs, não devia fazer isso, eles são uma droga.'. Nessa hora, eu peguei meu filho e falei a ele que deveríamos ir embora, pois o Papai Noel não estava tendo um bom dia."

Trent disse que seu filho estava inconsolável e chorou durante todo o percurso de volta para casa, em Mississauga.

Dwight Perry, do Seattle Times, escreveu: "Viram, crianças, Papai Noel não só existe, como também é bastante honesto.".

Não surpreendentemente, o Papai Noel foi demitido - e ele deve se considerar sortudo por Brian Burke, gerente geral dos Leafs, não estar por perto no momento.

Você pode ler mais sobre o Papai Noel malvado [em inglês] clicando aqui."

Texto traduzido e editado de Montreal Gazette.

8 de dezembro de 2012

5 de dezembro de 2012

Todo mundo odeia o Bissonnette.

Coitado do Paulo Bissonnette, nem os companheiros de equipe dão uma moral pro cara.

"Tá gravando?" 

 "Testando... Testando..."

 "Paul Bissonnette. Banco esquerdo. Phoenix Coyotes."

"[durante o treino]: nós dividimos as equipes, escolhemos os jogadores... Eu fui o último a ser escolhido, como era de se esperar."

Parece que o Malkin tinha razão.

GIFs: scheifele.

3 de dezembro de 2012

Você não serve, cara.

O ala esquerdo Paul Bissonnette tuitou: "Tive uma ótima conversa com Evgeni Malkin hoje."

E a tal conversa foi:
"- Geno, você precisa de um ala esquerdo aí na Rússia se o locaute durar o ano todo?
- Preciso, mas não você."



Caraca! Evgeni Malkin mandando diretas, hein...

Via Hockeyyy.

2 de dezembro de 2012

A briga mais chata da NHL.

É a que está rolando entre Donald Fehr (diretor executivo da NHLPA) e Gary Bettman (comissário da NHL).


Pelo menos essa aí da foto teve alguma ação e não cancelou nenhuma partida...